15.10.11

Reflexos

Com olhos molhados e sofridos
(por muitos refletores),
Observa um corpo palpitante demais
[e sem rumo.
Brotando pequenas gotas de medo
Demorou-se alguns instantes.
Num átimo surgem pedaços de desejo
[e disritmia.
Contornou a multidão inexistente
E quedou-se sem rumo também
- Sem a sutil distância segura
[entre mundos bagunçados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário