9.10.11

Ruas singulares

Entre sutilezas e palpitações
Tuas mãos descrevem
(viagens longínquas)
O final duma tarde morna,
Com cheiros de jasmim e canela.
Teus olhos serenos prenunciam
(uma noite de brisa e sossego)
O resto dum dia límpido e
[enluaradamente agradável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário