12.12.11

Num movimento da tarde

Com tons alaranjados
[o mundo se desfaz
Em curtas réstias de ânimo -
Com uma pressa desalentada
[de quem busca escapar
(fechando os olhos brevemente).

3.12.11

...

Essa imensidão de nuvens
[acima dos teus pensamentos,
O que fazer com tuas chuvas
[de verão incerto?
São tantas pétalas
(não desabrochadas)
Distraindo ao horizonte (...)