12.12.11

Num movimento da tarde

Com tons alaranjados
[o mundo se desfaz
Em curtas réstias de ânimo -
Com uma pressa desalentada
[de quem busca escapar
(fechando os olhos brevemente).

Nenhum comentário:

Postar um comentário