17.5.12

Apenas maio

Te contei as histórias erradas
Em momentos oportunos;
Fiz teus olhos me desnudarem
- Sem saídas imediatas ou
[janelas sem grades;
Te disse adeus numa tarde qualquer.
(Parecia a mais quente)
Desfiz o que não tinha feito ainda -
Refiz teus sorrisos mortos.
Tranquei as portas...
Esqueci apenas de te devolver as chaves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário