18.8.12

Orvalho

Entre folhas mortas
(como teus beijos)
Adormeço suavemente
[sem medo,
[sem cor.
O vento desarruma o jardim
[com risadas em sussurro.
Há imagens de sonhos
(se esvaem)
Bem perto do anoitecer.

Um comentário:

  1. Linda poesia... Acho que ainda lembras de mim né?!
    Um grande abraço e até mais.

    ResponderExcluir