5.4.13

Pelos caminhos

Num bailio gracioso, a borboleta voa pequena pelas moitinhas de flores.
Tão amarela em vivacidade quanto leve em alegria.
Meio tonta-inebriada planou baixo pelo asfalto.
Quedou-se desanimada na estrada.
(não viu o carro que vinha rápido e a atropelou em seu bailado curto.)